Educação e FUNDEB foram temas de discussão na Câmara Municipal de Divinolândia

A Câmara Municipal de Divinolândia promoveu mais uma sessão ordinária. Em pauta, foram discutidos dois requerimentos da área educacional a respeito da possibilidade do fechamento de três classes da escola José Pereira da Silva, no bairro Ribeirão do Santo Antônio e informações do repasse feito pelo FUNDEB - Fundo Nacional de Desenvolvimento de Educação Básica em 2017. 
O vereador Silas Ferreira Filho, representante do bairro Ribeirão do Santo Antônio, se mostrou preocupado com a possibilidade de fechamento das classes. "Trata-se de um bairro distante, o que causa muitas dificuldades aos alunos". Os vereadores Dr. Edson Gênova e Jéssica Carvalho também demonstraram preocupação em suas falas. Com relação ao FUNDEB, o vereador Paulo Aurelietti explicou que é necessário um acompanhamento da execução das receitas e despesas da Educação Municipal, bem como fiscalizar o cumprimento da Lei Orçamentária Anual e do Plano Municipal de Educação. 
Também foi aprovado o requerimento que solicita informações a respeito dos empehos 3966 e 3967, que não foram liquidados do exercício de 2016. O vereador Paulo Aurelietti sugeriu o envio de um parecer jurídico indicando o porquê não ocorreu o pagamento. 
Durante a Palavra Livre, os edis explanaram suas indicações. Diego Borges, Jéssica Carvalho, Olacir Raspante e Silas Ferreira Filho sugerem a instalação de Padrão de Energia no Campo de Futebol no bairro Ribeirão do Santo Antônio, construção de redutores de velocidade em frente à escola CMAIS e colocação de placa "Proibido Parar/Estacionar" na rua Joaquim Garcia na esquina com a rua Romeu Zanetti, local onde ônibus estaduais e interestaduais que vão para Caconde/Poços de Caldas. Logo após, Paulo Aurelietti, Ederson Trevisan e Maurício Pandolpho pedem reparos na galeria de águas pluviais na rua Barão do Rio Branco próximo ao Posto de Combustível Taurus e fiscalização das obras realizadas pela SABESP. 
Ordem do Dia
Durante a Ordem do Dia foram discutidos três projetos de lei, que dispõem sobre a convocação de servidor para prestação de serviço em regime extraordinário de trabalho; nova redação na Lei Complementar nº 1782/2006 referente ao IPTU; e homologação do plano de amortização para cobertura do déficit atuarial.
Ao final da sessão, o munícipe Nicolau Trevisan utilizou a Tribuna Livre para falar sobre a educação municipal, gestão financeira e administrativa nas escolas e aplicação do FUNDEB.

Compartilhar

Comentários

    Nenhum comentário registrado. Seja o primeiro!

Deixar um comentário

Atenção: seu e-mail não será publicado.

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...